ICPB 75 Anos

HISTÓRIA
A Igreja de Cristo Pentecostal
“THE INTERNATIONAL PENTECOSTAL CHURCH OF CHRIST”

Todo ser humano tem uma busca quase inconsciente de sua história. Suas origens são seus guias. Não se pode ir tampouco se compreender se não se sabe de onde está vindo nem o que se é. A primeira razão de ser da Igreja de Cristo Pentecostal é ser uma agência de Deus para evangelização do mundo; ser um corpo de ministro e igrejas onde as pessoas podem relacionar-se com Deus; e ser um canal de Deus, com propósito de construir um corpo santo na perfeita imagem de seu filho Jesus.

ORIGENS
No início do século XX os Estados Unidos enfrentava uma aterradora crise com as questões que giravam em torno da segregação racial.
Charles Parhan abriu o Bethel Bible College em Topeka - Kansas em outubro de 1900 que, começou um movimento cuja membresia eram crentes provindos das igrejas holiness wesleyanas e, em muitos casos, dos demais grupos Reformados. O movimento era majoritariamente metodista.
Em 1° de janeiro de 1901 os alunos estavam estudando a obra do Espírito Santo, e numa das alunas, Agnes Ozman, pediu aos outros que lhes impusessem as mãos para que ela recebesse o Espírito. Naquele momento ela falou em línguas, e mais tarde outros estudantes também falaram em línguas.
Parham abriu outra escola em 1905, na cidade de Houston, Texas; e, William Seymour, um aluno negro, tornou-se mais tarde, no ano de 1906, o líder de uma missão no número 312 da Rua Azuza em Los Angeles, Estado da Califórnia.
Naquele endereço funcionava o templo da Missão Evangélica da Fé Apostólica. E ali os brancos, os negros, os hispânicos, ricos e pobres se reuniam sob o mesmo teto esquecendo suas diferenças raciais e culturais. O segredo era que o Espírito Santo assumia o controle total daquelas reuniões. William J. Seymour era um jovem pregador que trazia sermões que rumavam para o ensino de uma doutrina essencialmente pentecostal. A revista “Charisma” registrou que as reuniões ‘cultos', poderiam começar às nove horas da manhã e terminar a meia-noite que ninguém se retirava.
Os observadores escreveram que a multidão esquecia seu inglês natural e proferiam um novo idioma totalmente desconhecido, numa harmonia jamais ouvida. A liturgia era marcada por curas, testemunhos, cânticos acelerados e acompanhados por palmas, gritos, danças e etc.
JOHN STROUP
Esse foi o avivamento que mais tarde denominou-se “avivamento da Rua Azuza”.
Dois anos após o grande reavivamento, em 1908, um ancião chamado John Stroup (1853-1929), já com 54 anos de idade, membro da Igreja Metodista Wesleyana da cidade de Findlay, Estado de Ohio, EUA, teve a experiência do batismo com o Espírito Santo e, logo começou a testificar desta experiência em todos os lugares em que teve a oportunidade. Primeiramente ele foi levar a mensagem pentecostal ao sul de Ohio e ao leste do Kentucky. Em
1913, recebeu um convite para pregar numa tenda evangélica em Ironton, Ohio e lhe foi permitido contar sobre a experiência pentecostal. O Irmão John Stroup aceitou o convite com alegria e Deus o usou para levar muitos ao Batismo com o Espírito Santo.
Em seguida houve mais convites naquela região do vale de Ohio. Em 1917 ele convidou os crentes próximos a ele, que tiveram a experiência do batismo para formarem uma organização para conforto, animo e fortaleza. A primeira reunião aconteceu em Flatwoods, Kentucky, no dia
10 de maio de 1917 e, assim foi organizado a “ the Pentecostal Church of Christ ”, uma denominação pentecostal Wesleyana. O reverendo John Stroup foi eleito bispo da organização, cargo que exerceu até o ano de 1929 quando foi chamado para a glória.
G. B. CASHWELL
Em 1906, G. B. Cashwell retornou da Rua Azuza grandemente enfluenciado e queria fundar igrejas pentecostais. Em 1907 ele fundou “O mensageiro do Noivo”, hoje considerado o mais antigo periódico pentecostal do mundo. Através do “Mensageiro do Noivo”, Cashwell veio a ser conhecido como o ‘Apóstolo Pentecostal do Sul'.
Uma Igreja foi iniciada em 1907 por Paul e Hattie Barth. Em 1918, os Barths, então editores do “The Bridegroom's Messanger' – O mensageiro do Noivo, iniciaram a Beulah Heights Scholl (Escola Bíblica de Ensino Superior) e, em 1921 eles a organizaram como uma associação. Mais tarde denominaram-na International Pentecostal Assemblies.
Em
1976, as duas organizações consolidaram-se para formar a International Pentecostal Church of Christ e, escolheram London, Ohio como o quartel general. Atualmente, há aproximadamente 1800 igrejas ao redor do mundo.

O TRABALHO MISSIONÁRIO TRANSCULTURAL
International Pentecostal Church of Christ – IPCC, considera Missões Globais uma de suas principais funções e mola-mestra e, é mantida por contribuições voluntárias de indivíduos e igrejas. Em 1955, a organização iniciou uma campanha, aceitando o desafio de dobrar suas missões no período de um ano. A IPCC crê que o papel do missionário Americano é para aumentar e facilitar o ministério do pastor da igreja nativa, limitando seu ministério para encorajamento e treinamento do ministério local e trabalho institucional que de forma contrária não podia ser realizada. Então, a grande maioria de missionários da IPCC estão trabalhando para treinar ministros, prover ajuda administrativa, e sustentar instituições no estrangeiro. As igrejas nacionais adotadas são igrejas autônomas e consideram-se uma parte da IPCC. Uma avaliação de nossas atividade de missões são como segue:
ÍNDIA – Edith V. Greet
Em 1950, Edith V. Greet, viajou para a Índia no propósito de exercer um ministério com crianças carentes daquele país. Hoje ela é reverenciada como fundadora da Fundação Bethel que inclui a Cidade das Meninas de Bethel , que é um orfanato para aproximadamente 200 meninas; a cidade dos Meninos de Bethel – um orfanato para quase 50 meninos; Fazenda Agrícola de Bethel; uma Academia de Saúde; uma escola cristã Inglesa que possui registrado aproximadamente 1500 alunos; programas de alimentação e, programa de treinamento pessoal. A Aliança Pentecostal da Índia, uma nova e adotada denominação da Igreja de Cristo Pentecostal Internacional tem planos de construir a estrutura da terceira nova igreja este ano e planos para outras construções. THOMAS VADAKEKUT é o Superintendente da Aliança Pentecostal da Índia. Pode ser encontrado no seguinte endereço: VI/478 Asoka Lane, Kaloor P.O. Cochin – 17, Kerela S. Índia –
GUIANA FRANCESA – SYLVAIN SOPHIE
A Igreja de Cristo Pentecostal Internacional recentemente recebeu três igrejas no território das Guianas Francesa. SYLVAIN SOPHIE é o superintendente Geral daquela organização local.
QUÊNIA – ELEANOR DAVIS
Em 1920 missinários da Zion Faith Homes ( Casa da fé de Sião), Zion, Illinois foram para o Kenya para pregar o evangelho. Em 1947, ELEANOR DAVIS viajou pra o Kenya e iniciou um ministério que continua até hoje. Atualmente há um impressinante Colégio Bíblico, chamado Kaimosi, que treina e envia ministro do evangelho através de todo o Kenya e arredores. No ano de 1960 A International Pentecostal Assemblies ( Igreja Assembléias Pentecostal) – companheira da International Pentecostal Church of Christ, juntou-se com a organização Companheiros Elim para forma a PEFA – Pentecostal Evangelistic Fellowship of Africa. As Igrejas da PEFA atualmente são aproximadamente 2000 a 3000 através do Kenya.
MÉXICO
O trabalho no México foi fundado em 1950 pelas Reverendas Alva e Ruth Sprague e denomina-se Igreja de Cristo Pentecostal do México. Existem atualmente 12 igrejas. Atualmente, uma escola Bíblica está sendo construída na cidade montanhosa e iniciou-se seus trabalhos em Abril de 2000. O bispo Richard Blevins é o Secretário de Campo de Missões de IPCC no México. Em 2001, a missão brasileira enviou também um missionário, Alexandre Bueno para trabalhar naquele país.
FILIPINAS – BILLY TAYLOR
Em 1997, a IPCC incorporou 43 igrejas e três escolas Bíblicas compondo assim a Missão para a Ásia dentro da sociedade mundial. Sob a liderança de seu fundador BILLY TAYLOR, este trabalho tem rápido crescimento. A Igreja fixou metas de elevar para 102 igrejas para os próximos dez anos.
URUGUAI
A ICPB, voltou seus olhos para o Uruguay plantando naquele país uma igreja. A partir de 2000 a Igreja de Cristo Pentecostal do Uruguay tornou-se uma igreja local, com obreiros nativos com 3 trabalhos nas regiões de Montevidéo, Paysandu e Artigas. JULIO SILVA PAREDES é o atual superintendente Geral daquela obra.
VIETNÃ
Em parceria com a Liga Bíblica, a IPCC plantou cinco igrejas naquela nação comunista, levando até eles o evangelho de Jesus Cristo.
BRASIL – HORACE SINGLETON WARD
Em 1934 inicia-se o trabalho missionário, quando foi enviado para o Brasil o primeiro missionário, Horace Singleton Ward .

A HISTÓRIA DA IGREJA DE CRISTO PENTECOSTAL NO BRASIL
HORACE SINGLETON e CAROLINE WARD
Em 1934 inicia-se o trabalho missionário, quando foi enviado para o Brasil o primeiro missionário, Horace Singleton Ward .
Horace, um jovem pregador americano, lutou nos Estados Unidos para convencer a sua igreja que Deus o chamara para levar o evangelho aos perdidos do Brasil – na América do Sul. A igreja não vê possibilidades de enviá-lo ao Brasil. Não tinha naquele instante nenhum projeto. Ele não desiste e finalmente a igreja cedeu aos apelos do jovem e o envia.
Após longa viagem ele desembarca em terras brasileiras sem conhecer ninguém e sem falar o português, Horace partiu de Nova Orleans, no dia 22 de dezembro a bordo do navio Delsud e chegou ao Rio de Janeiro no dia 9 de janeiro de 1935. Nesta mesma noite, o missionário pregou na Igreja Assembléia de Deus. Embora não soubesse falar o português, foi interpretado pelo irmão Gustavo Bergstron e algumas pessoas entregaram-se a Jesus.
O missionário Horace, como era chamado, permaneceu ali apenas seis dias, mudando-se para a região do Nordeste, onde concentrou o seu trabalho de evangelização, principalmente no interior do Estado de Alagoas, até Mata Grande, onde passou 11 meses estudando o português e visitando alguns trabalhos com o irmão George Johnson. De lá foi com o irmão Virgilio Smith do Ceará até Pernambuco e Paraíba, percorrendo cidades, povoados e fazendas, levando a mensagem da Palavra de Deus, sempre a pé ou a cavalo (na época não haviam veículos na região). Sofreram perseguições e maus tratos e até agressões físicas promovidas pelos intolerantes.
Em sete de setembro de 1936 foi até Alagoas para visitar alguns trabalhos e em novembro do mesmo ano, Horace foi a cidade de Vila Bela (Serra Talhada), no sertão do Estado do Pernambuco, onde permaneceu por alguns meses, evangelizando e orientando os novos convertidos. Organizou no dia 24 de janeiro de 1937, a primeira Igreja, que levou o nome de Igreja de Cristo Pentecostal de Serra Talhada. A primeira diretoria ficou assim constituida: irmã Ana Soares das Neves (tesoureira/ secretária), João Carneiro (dirigente) e Horácio Ward (Pastor).
Durante o ano de 1938, converteu-se um rapaz em Princesa de Paraíba –PE e não lhe foi permitido ficar na sua cidade por ter aceito Jesus. O missionário Horácio Ward encontrou o rapaz, José Soares dos Santos, pregando o Evangelho e o incorporou ao trabalho. Nesta ocasião um grande número de novos convertidos foram batizados. Neste mesmo ano o Missionário Horace voltou à sua pátria para casar-se e retornou em seguida acompanhado da missionária Caroline Ward.
Neste mesmo tempo foi organizada a igreja de Pau Ferro em Santa Clara-PE. O cabo Antônio Penedo, vindo de outra cidade, pregou em Santa Clara e novas pessoas foram salvas, o que fez com que o missionário Horace batizasse um bom número de novos conversos, organizando a igreja naquela cidade.
O trabalho missionário continuou e outras igrejas foram organizadas, templos foram construídos, novos obreiros foram surgindo e na Convenção Geral realizada em Caruaru, Estado de Pernambuco, no período de 13 a 20 de fevereiro de 1949, foi decidido adotar o nome de "IGREJA DE CRISTO PENTECOSTAL DO BRASIL".
Na Convenção Nacional realizada nos dias 25 a 29 de janeiro de 1978, na cidade de Santo André (SP), atendendo a certa conveniência interna, foi realizada uma pequena alteração no nome da igreja, passando a denominar-se "IGREJA DE CRISTO PENTECOSTAL NO BRASIL", conforme consta em ata daquela convenção.

CHESTER IRWIN e RACHEL MILLER
O segundo missionário enviado ao Brasil pela "Pentecostal Church of Christ", foi o Rev. CHESTER IRWIN MILLER. Ele nasceu em 17 de Março de 1917 nas montanhas do Sudeste de Ohio, nos Estados Unidos. Foi salvo por Cristo aos 10 anos de idade em 1927, batizado com o Espírito Santo em 21 de junho de 1929, licenciado pregador em 16 de novembro de 1936 e ordenado ministro em 15 de agosto de 1937. Certa vez caminhando nas montanhas do sul, ele disse a si mesmo: “ Senhor eu perdi a alegria da salvação e eu não sou hipócrita”. Então abaixou a cabeça sobre um tronco e disse: “ Deus, se eu não tiver de volta a alegria da salvação eu me aniquilarei” . Imediatamente, Deus o abençoou e ele voltou para a igreja. Sua vida foi incendiada pelo poder de Deus, e isso era patente pelos seus frequentes ‘Aleluias'. Estudou no instituto Bíblico de Holmes, depois no Instituto Bíblico da Fé, mas foi pelo colégio Bíblico superior Beulah que recebeu a honraria de Doutor em 1976. Chester Miler, com apenas 23 anos de idade, no final de 1940 foi enviado para ajudar o missionário Horace Ward no Brasil. Chegou a este país no dia 7 de janeiro de 1941. Depois de aprender alguma coisa da língua portuguesa, começou a trabalhar com dedicação e determinação.
Em 1945, o Missionário Chester Miller casou com a missionária Rachel, que também deu excelente contribuição à ICPB, deixando um edificante exemplo de prudência e sabedoria. Nos primeiros meses do ano de 1954, o missionário Chester Miller mudou-se com sua família, do nordeste para São Paulo, para atuar na igreja da região sudeste que despontava com bastante vigor, porém no mês de julho do mesmo ano teve que retornar para os Estados Unidos, pois havia sido eleito Superintendente Geral da "Pentecostal Church of Christ" naquele país.
No dia 5 de dezembro de 1981 o Missionário Chester Miller perdeu sua esposa Rachel H. Yarborough Miller. O Brasil uniu-se a ele nesse momento tão difícil e de tristeza, amparando-o e dando-lhe amor e conforto. Visando dar continuidade ao trabalho no Brasil, no dia 28 de dezembro de 1982 ele casou com Missionária Annie M. T. Frew, viúva de Russel Frew.

RUSSEL e ANNE FREW
O terceiro missionário enviado ao Brasil pela "Pentecostal Church of Christ "dos Estados Unidos foi o Rev. RUSSEL FREW, que aqui chegou no ano de 1952 acompanhado de sua esposa, irmã Annie Frew e um casal de filhos, sendo que no Brasil a família foi acrescentada de mais um filho.
O missionário Russel Frew residiu alguns anos no nordeste do Brasil, tendo sido pastor do campo de Caruaru, Estado de Pernambuco.
Em fevereiro de 1957, a Família Frew retornou para os Estados Unidos e nos 10 meses que estiveram ali o casal pastoreou a igreja em Portsmouth, Ohio. Retornaram ao Brasil em agosto de 1958. Neste período mudaram-se para Santo André - SP.
Enquanto estiveram ali, iniciaram o programa de literatura da Escola Dominical, preparando o primeiro trimestre de lições para adultos. Estavam preparando a segunda edição, em junho de 1959, quando o Missionário Russel Frew adoeceu e teve que ser levado para o seu país.
A Família Frew deixou o Brasil no dia 13 de junho de 1959 e o missionário Russel Frew foi recebido no céu dia 15 de junho 1959. Foi sepultado no Cemitério Kirkwood, cerca de um quilômetro e meio da sede nacional da Igreja de Cristo Pentecostal dos Estados Unidos.

PRIMEIROS OBREIROS BRASILEIROS

  • ·         Antônio Penedo - Evangelista (falecido)
  • ·         Vítor Joaquim dos Santos - Evangelista e Pastor (falecido)
  • ·         Eloy Pinto de Oliveira - Pastor (falecido)
  • ·         José Pinto de Oliveira - Pastor
  • ·         José Soares dos Santos - Evangelista e Pastor (falecido)
  • ·         Manoel Vicente de Andrade - Pastor (falecido)
  • ·         Jair Vieira da Rocha - Evangelista e Pastor (falecido)
  • ·         Manoel Miguel da Silva - Evangelista e Pastor (falecido)
  • ·         José Deodato da Silveira - Evangelista e Pastor (falecido)
  • ·         Joaquim Damião Sobrinho - Evangelista e Pastor (aposentado)
  • ·         Alexandre Vieira da Rocha - Pastor (falecido)
  • ·         Agenor Camilo Ramalho - Pastor - foi Vice-Superintendente (falecido)
  • ·         Elpídio Teixeira Soares - Pastor (jubilado)
  • ·         Ernst Grimm - Pastor
  • ·         Jairo Matias - Presbítero (falecido)
  • ·         José Henrique Thomaz - Presbítero (falecido)
  • ·         Arcílio de Souza - Pastor (falecido)
  • ·         José Gazaro Filho - Pastor (Jubilado)
  • ·         Rui Barbosa Valim - Evangelista e Pastor (Jubilado)
  • ·         Pedro Messias - Pastor (Jubilado)

Contribua com o histórico da ICPB, envie seus relatos para: jornal@icpb.com.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Esses dados foram extraídos do Estatuto Geral da ICPB, relatos pessoais, literários e históricos coletados pela SEREP (Secretaria de Educação Religiosa e Publicações), bem como grande parte de pesquisas feitas pelo Pastor João Evangelista Francisco, da ICPB em Andradas. Um livro com a história completa da ICPB, inclusive os dados com a história dos missionários brasileiros, está sendo preparado para ser lançado nos 75 anos de vida da igreja em janeiro de 2012!!

Gostou desse artigo? Compartilhe com alguém:

CLIQUE NOS LINKS ABAIXO

Conectar à TV ON-LINE
Conectar à TV ON-LINE
Reflexão da Palavra de Deus
Reflexão da Palavra de Deus
Faça o seu Pedido de Oração
Faça o seu Pedido de Oração
Fundação da ICPB
Fundação da ICPB
ICPB Mogi Guaçu - São Paulo
ICPB Mogi Guaçu - São Paulo
O Melhor do Cinema Gospel
O Melhor do Cinema Gospel
Gravadora Louvores do Coração
Gravadora Louvores do Coração